Notícias

Uso eficiente do chuveiro elétrico

A preservação do meio ambiente é um dos compromissos da Certa Material Elétrico. Por isso, as lojas da Certa terão cartilhas que auxiliarão os clientes no uso eficiente do chuveiro elétrico.Por meio dos personagens Jorge e Paula, com uma linguagem interativa, figuras ilustrativas e uma estrutura semelhante a de uma revista em quadrinhos, a cartilha oferece dicas importantes na hora da compra do aparelho.Atualmente existem vários modelos de chuveiros disponíveis no mercado, e é necessário escolher aquele que proporciona mais vantagens como conforto, segurança, economia; além de ter procedência reconhecida e etiqueta do Inmetro em sua embalagem.Para facilitar o reconhecimento desta etiqueta, foi criado o PBE- Programa Brasileiro de Etiquetagem - como forma de racionalizar o uso de energia no Brasil e orientar na melhor decisão de compra. De acordo com o instituto, existem mais de 20 produtos neste programa, inclusive o chuveiro elétrico.O leitor tem acesso a um passo a passo sobre a importância da etiqueta do Inmetro e como entendê-la.Os balões de diálogos chamam a atenção de consumidores que deixam de realizar a leitura do manual, fazendo com que informações importantes passem despercebidas ou até mesmo sejam ignoradas, devido à facilidade na instalação dos chuveiros elétricos.A cartilha traz regras simples para o bom funcionamento do chuveiro. Todo eletrodoméstico acima de 600W de potência deve ter um circuito independente, o tipo de fiação adequada conforme a potência e a voltagem, se a corrente elétrica do disjuntor está de acordo com o pedido no manual do produto, se a tensão do chuveiro é de 127V ou 220V, entre outras.Um dos personagens da cartilha, Jorge, afirma que outro ponto importante é a ligação dos fios elétricos. Por isso, o consumidor deve seguir com cautela todas as exigências: como desligar os disjuntores; ao terminar a conexão, manter a emenda dos fios protegida dentro da caixa de luz na parede e não utilizar plugues ou tomadas para ligar o chuveiro; para evitar risco de choques elétricos, conectar sempre o fio terra ao sistema de aterramento, etc. Após a instalação, o consumidor deve ficar atento para não queimar a resistência e, para que isso não ocorra, ele deve colocar o chuveiro na posição “desligado” e deixar a água correr por alguns segundos.Todos os cuidados sugeridos são para garantir a segurança e a manutenção do produto. Então, a realização de prevenções paliativas como gambiarra, está fora de questão!Outro ponto importante ressaltado pela personagem Paula é que alguns hábitos devem ser incorporados no dia-a-dia do brasileiro, como a redução do tempo gasto durante um banho, pois o ideal são oito minutos. E quem determina o consumo de água e de energia é o consumidor.Enfim, seguindo todas as recomendações, o consumidor obtém segurança, economia, maior vida útil do chuveiro, além de água quente durante o banho.


<< Voltar para Notícias